6.5.08

Retornando de São Paulo

Aproveitei novamente minha ida a São Paulo para observar a enorme diferença que a lei Cidade Limpa proporcionou à capital paulista.
Quem, como eu, achava a cidade emporcalhada, sem conseguir distinguir o que era estético e bonito, encoberto pela publicidade dos “pastiches” e reclames, além das pichações (já afirmei antes que a falta de regulamentação da publicidade exterior gera o vandalismo), pode cumprimentar o prefeito.
As lojas comerciais já estão colocando suas placas e letreiros, desta vez obedecendo a proporcionalidade com a metragem da fachada. Quem se preocupava com a falta de identificação do seu negócio, agora tem sua identificação visual exposta de maneira bastante criativa.
Outra observação: nem os ônibus e nem os táxis podem aplicar publicidade nos vidros e nas laterais dos seus veículos.
A cidade ficou mais bonita, mais charmosa e sua arquitetura e o verde ganharam destaque.
A nova cidade de São Paulo está mais limpa e certamente mais respeitada.

Um comentário:

Israel Scussel Degásperi disse...

Oie, sou de Blumenau SC e estou me formando em publicidade e propaganda. Estou fazendo minha monografia sobre poluição visual. Vou fazer um estudo de caso da lei cidade limpa de São Paulo e estudar as implicações da lei aqui em Blumenau.
Essas fotos do bar coberto por outdoors é de sua autoria ?
Gostaria de usa-las e dar o crédito a vc... algum problema ?
Abraço!